Dezembro Laranja: Previna-se do câncer de pele


Mês da conscientização do câncer de pele




Assim como acontece com alguns meses durante o ano, em dezembro também há a conscientização sobre a prevenção de um tipo de câncer. O “Dezembro Laranja” tem o objetivo de mostrar às pessoas o quão comum é o câncer de pele e o como é fácil a prevenção e o tratamento da doença.

O câncer de pele é uma lesão maligna na pele que persiste durante certo tempo. Estima-se que no Brasil, cerca de 200 mil casos do tumor sejam diagnosticados durante o ano de 2016. Isso faz com que a doença seja o tipo de câncer mais comum em homens e mulheres no país.

Para se ter uma ideia, serão cerca de 60 mil casos do segundo tipo de tumor mais comum – mama nas mulheres e próstata para os homens. O câncer de pele está diretamente relacionado à exposição solar. A melhor forma de prevenção ainda é o uso de filtro solar com fator de proteção de 30 para cima, que deve ser passado três vezes ao dia. Além disso, o uso de chapéus, roupas de manga comprida e procurar uma sombra também são formas de se prevenir da doença.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), esse tipo de câncer corresponde a 25% de todos os malignos registrados no país. A doença apresenta um alto percentual de cura, se for diagnosticado precocemente.


Sintomas Em muitos casos, os melanomas (como são conhecidos) se desenvolvem a partir de uma pinta já presente no corpo. Para a pessoa saber se a lesão tem características de maligna, ela pode seguir o ABCDE do câncer de pele: A – assimetria; B – bordas irregulares; C – cores diversas; D – diâmetro maior que seis milímetros e E – evolução (mudanças na pinta ou lesão).


Tratamento O tratamento para o câncer de pele envolve, na maioria dos casos, a cirurgia com a retirada da lesão cancerígena. Em casos avançados, pode ser necessária a quimioterapia ou a crioterapia (com o uso de nitrogênio líquido).


Prevenção A melhor forma de se prevenir desse tipo de câncer é se prevenindo do sol. Deve-se usar o filtro solar, mesmo se a pessoa não ficar exposta aos raios ultravioletas. Além disso, é melhor evitar tomar sol entre 10h e 16h, quando a incidência da radiação UV está mais forte.

Vale ressaltar que sempre é importante procurar um médico quando aparecer um sintoma.

home.png

Horário de Atendimento da Secretaria
 

2ª à 6ª das 8h às 20h
Sábado das 8h às 11h

Siga, curta ouça e compartilhe!
facebook-logo-rodape.png
instagram-logo-rodape.png
youtube-logo-rodape.png
spotify-logo-rodape.png
logo-branco-agencia-madein.png