novo-ensino-medio-ebe-objetivo.png

A reforma do Ensino Médio, definida pela Lei nº 13.415/2017, significa para o Sistema de Ensino Objetivo uma oportunidade de reafirmar nosso compromisso com uma educação de qualidade, vigente em mais de cinquenta anos de presença no panorama educacional brasileiro. As diretrizes apontadas nos documentos oficiais confirmam os princípios e as estratégias pedagógicas que sempre estiveram presentes em nossa filosofia educacional com os estudantes ocupando a centralidade do processo de ensino e aprendizagem.

MARCOS LEGAIS

(Fonte BNCC - páginas 9 e 10)

Reforma do Ensino Médio
Lei 13.415/17

BNCC Base Nacional
Comum Curricular

Diretrizes Curriculares
Nacionais (DCN)
Ensino Médio

Itinerários Formativos
Referenciais Curriculares

MARCOS LEGAIS

  • Base Nacional Comum Curricular (BNCC);

  • A lei nº 13.415, de 16 de fevereiro de 2017 (LDB);

  • Portaria nº 1.432, de 28 de dezembro de 2018 (Referencial dos itinerários formativos);

  • Resolução nº 4, de 17 de dezembro de 2018 (BNCC - ENSINO MÉDIO);

  • Resolução nº 3, de 21 de novembro de 2018 (DCNs)

Competências Gerais da BNCC

1. Conhecimento


Valorizar e utilizar os conhecimentos historicamente construídos sobre o mundo físico, social, cultural e digital para entender e explicar a realidade, continuar aprendendo e colaborar para a construção de uma sociedade justa, democrática e inclusiva.




2. Pensamento científico, crítico e criativo


Exercitar a curiosidade intelectual e recorrer à abordagem própria das ciências, incluindo a investigação, a reflexão, a análise crítica, a imaginação e a criatividade, para investigar causas, elaborar e testar hipóteses, formular e resolver problemas e criar soluções (inclusive tecnológicas) com base nos conhecimentos das diferentes áreas.




3. Senso estético


Valorizar e fruir as diversas manifestações artísticas e culturais, das locais às mundiais, e também participar de práticas diversificadas da produção artístico-cultural.




4. Comunicação


Utilizar diferentes linguagens – verbal (oral ou visual-motora, como Libras, e escrita), corporal, visual, sonora e digital, bem como conhecimentos das linguagens artística, matemática e científica, para se expressar e partilhar informações, experiências, ideias e sentimentos em diferentes contextos, além de produzir sentidos que levem ao entendimento mútuo.




5. Argumentação


Argumentar com base em fatos que respeitem e promovam os direitos humanos, a consciência socioambiental e o consumo responsável com posicionamento ético em relação ao cuidado de si mesmo, dos outros e do planeta.




6. Cultura digital


Compreender, utilizar e criar tecnologias digitais de informação e comunicação de forma crítica, significativa, reflexiva e ética nas diversas práticas sociais (incluindo as escolares) para se comunicar, acessar e disseminar informações, produzir conhecimentos, resolver problemas e exercer protagonismo e autoria na vida pessoal e coletiva.




7. Autogestão


Valorizar a diversidade de saberes e vivências culturais, apropriar-se de conhecimentos e experiências que lhe possibilitem entender as relações próprias do mundo do trabalho e fazer escolhas alinhadas ao exercício da cidadania e ao seu projeto de vida, com liberdade, autonomia, consciência crítica e responsabilidade.




8. Autoconhecimento e autocuidado


Conhecer-se, apreciar-se e cuidar de sua saúde física e emocional, compreendendo-se na diversidade humana e reconhecendo suas emoções e as dos outros, com autocrítica e capacidade para lidar com elas.




9. Empatia e cooperação


Exercitar a empatia, o diálogo, a resolução de conflitos e a cooperação, fazendo-se respeitar e promovendo o respeito ao outro e aos direitos humanos, com acolhimento e valorização da diversidade de indivíduos e de grupos sociais, seus saberes, suas identidades, suas culturas e suas potencialidades, sem preconceitos de qualquer natureza.




10. Responsabilidade e cidadania


Agir pessoal e coletivamente com autonomia, responsabilidade, flexibilidade, resiliência e determinação, tomando decisões com base em princípios éticos, democráticos, inclusivos, sustentáveis e solidários.





Educação integral visando à preparação para a vida nas dimensões:
intelectual, física, emocional, social e cultural.

ITINERÁRIOS FORMATIVOS
Eixos estruturantes dos itinerários formativos

itinerarios-formativos-novo-ensino-medio

Investigação da realidade por meio de práticas e produções científicas.

Idealização e realização de projetos criativos.

Envolvimento na vida pública por meio de projetos de mobilização sociocultural e ambiental.

Criação de empreendimentos pessoais ou produtivos articulados ao projeto de vida.

De preferência, os itinerários devem articular os quatros eixos. No mínimo, o itinerário deve ser estruturado a partir de um dos eixos. Foram descritas habilidades dos diferentes tipos de itinerários formativos relacionadas a cada um dos eixos nos referenciais curriculares para a elaboração de itinerários, MEC.

TIPOS DE ITINERÁRIOS

ÁREA DE CONHECIMENTO
 

Aprofundam e ampliam aprendizagens de uma área e promovem sua aplicação em situações diversificadas.

  • Linguagens e suas tecnologias

  • Matemática e suas tecnologias

  • Ciências da natureza e suas tecnologias

FORMAÇÂO TÉCNICA
E PROFISSIONAL

 

Preparam para o mundo do trabalho.

Integrado
 

Combina mais de uma área de conhecimento e pode ser complementado por formação técnica e profissional.

PROJETO NOVO ENSINO MÉDIO OBJETIVO

FORMAÇÃO GERAL BÁSICA
A Formação Geral Básica é composta de 28 aulas semanais.

formacao-basica-28-aulas-novo-ensino-med

6 das 28 aulas de FGB serão deslocadas para o EaD.

 

São elas:

  • Sociologia

  • Filosofia

  • História da Arte

  • Inglês

  • Biologia

  • Português

PROPOSTAS DE ITINERÁRIOS FORMATIVOS

No Sistema de Ensino Objetivo os Itinerários Formativos foram separados em dois domínios, clique nos botões abaixo para conhece-los melhor:

PROJETO DE VIDA

Construção do Projeto de Vida

Quem eu sou? Quem eu quero ser? O que eu quero ser?
Sentido e propósito de vida. Meu papel no mundo.
Identidade, família, escola e sociedade. Valores.
Educação integral. Formação para a vida.
Metodologias ativas.
Projetos multidisciplinares.
Trabalhos em equipe, engajamento e cooperação.
Neurociência: foco, atenção e inteligência socioemocional.
Autonomia e protagonismo do estudante.
Acolhimento, presença, gentileza e respeito transformando vidas.

SUGESTÕES DE PLANEJAMENTOS

Projeto Objetivo

© Copyright 2021 Colégio EBE Objetivo - Todos os direitos reservados
logo-branco-agencia-madein.png