7 Dicas de como escrever sem erros ortográficos

 Existem algumas técnicas e recomendações que podem ajudar a melhorar a escrita. Confira!



ortografia é um conjunto de regras que gerem a escrita de uma língua. Escrever corretamente diz muito, pois se a pessoa cometer falhas e erros ortográficos, a imagem que causará ao leitor certamente não será boa.          Embora não exista uma fórmula mágica para escrever sem erros, existem algumas técnicas e recomendações que podem ajudar a melhorar a escrita.    


  Confira-as a seguir.

1. Estimule a leitura em casa.



   Um dos principais conselhos que costumam ser recomendados para aprender a escrever sem cometer erros ortográficos é LER. Devemos fomentar a leitura desde a infância e ler tudo aquilo que nos aparece à frente, além do conteúdo do texto, devemos prestar atenção à forma como se escrevem as palavras, para assim memorizar de forma inconsciente milhares de vocábulos.

2. Ajude seu filho a entender algumas regras ortográficas.



   Dizem que o português é um idioma difícil de aprender, já que possui várias regras e exceções, contudo, algumas normas precisam ser decoradas, sempre em mente ao redigir um texto ou conversar com alguém.

   Pais e filhos devem saber colocar o acento para a direita ou para a esquerda, conhecer os casos em que se escrevem com “S”, “C” ou “Ç”, bem como as principais regras para uma comunicação assertiva.


3. Faça ditados com seus filhos.


   Outra boa maneira de praticar para não cometer tantas falhas na ortografia é fazer uso dos ditados. Escolha um texto rico em palavras e dite em voz alta para seu filho, que deverá ir escrevendo e posteriormente corrigir para ver onde falhou, copiar várias vezes aquelas palavras que escreveu mal, também é uma boa alternativa, assim como na escola, a ideia é facilitar a memorização da criança e para os maiores essa opção traz igualmente bons resultados.


4. Corretor Ortográfico.


   Quando se escreve no processador de texto do computador ou até no navegador é recomendável que haja um corretor ortográfico que marcará aquelas palavras que estão mal escritas. Deve-se ter em conta que o corretor omite muitos erros ortográficos, por isso não dá para confiar somente nessa ferramenta. Revise várias vezes seu conteúdo para ter a certeza de que ele está pronto.

5. Quando usar o dicionário?




   Aquela certa palavra causa dúvidas quanto à escrita, então é hora de consultar o bom e velho dicionário. Se essa não for sua praia, existem também dicionários onlines que auxiliam o dia a dia de grande parte da população.

   Desde as mudanças implantadas com a nova reforma ortográfica, ainda existem diferenças significativas na escrita de vários países e principalmente, nas expressões mais informais, daí a necessidade da atenção redobrada ao escrever algo ou publicar um conteúdo, seja para uso pessoal ou profissional. Ter essa noção desde cedo contribui efetivamente para o aprendizado do seu filho.



6. Aprenda a usar sinônimos.


   No caso de não ter à mão um dicionário, use sinônimos. Não arrisque cometer erros, pense um pouco e encontrará outra palavra que tenha o mesmo significado e que não tenha dúvidas de como escrever, na internet também é possível encontrar facilmente o “dicionário de sinônimos”, que atua como um grande auxiliador naqueles momentos em que falta inspiração para encontrar as palavras certas.


7. Corrigir erros de ortografia.


   Se seguir todos estes conselhos, chegará a um ponto em que poderá entreter-se à procura de falhas de ortografia nos jornais, na televisão e em textos de outras pessoas. O exercício de ler, reler e escrever torna pais e filhos mais criteriosos e preparados.

6 visualizações
home.png

Horário de Atendimento da Secretaria
(Horário temporário em virtude da Covid-19)
 

2ª à 6ª das 8h às 20h
Sábado das 8h às 12h

Siga, curta, ouça e compartilhe!
facebook-logo-rodape.png
instagram-logo-rodape.png
youtube-logo-rodape.png
spotify-logo-rodape.png
logo-branco-agencia-madein.png